Título da Redação: Apartheid social

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 3 anos por Victoria Ramiro


Um novo apartheid surgiu, dessa vez social. A elite brasileira possui privilégios que as classes mais pobres não possuem, sendo assim, fomentando a segregação social de uma sociedade democrática, que clama por inclusão e igualdade.
Nas décadas passadas, era comum encontrar ricos e pobres juntos comemorando um gol dentro dos estádios, porém, ao longo dos anos isso foi mudando. Agora, os estádios possuem serviços VIP para aqueles que se dispõe a pagar mais caro em troca de exclusividades e benefícios. Todavia, esses benefícios não se encontram apenas nos jogos esportivos, pois na área da saúde e da educação é visível o desaparecimento do convívio entre as classes distintas, tendo em vista que a classe alta frequenta hospital privado e estuda em escola particular, enquanto a classe baixa, sem outras opções, devem usar os serviços públicos, que são de má qualidade.
Além disso, há também a sociedade do espetáculo, que não se satisfaz em ter o poder da aquisição, necessitam mostrar isso aos outros, sendo possível encontrar essa prática nas redes sociais, onde a elite ostenta seus bens de consumo, principalmente objetos de marcas dispendiosas e conhecidas. De modo que frustra os que não se enquadram nesse perfil e que, inúmeras vezes, optam por comprar o mesmo objetivo, porém falsificado, logo, intensificando a pirataria.
Sendo assim, é possível afirmar que a segregação do espaço traz diversos malefícios para a população que almeja uma sociedade justa e igualitária, logo, o apartheid social deve ser erradicado. Para isso, o governo deve ser responsável por proporcionar melhorias na educação e na saúde às classes média e baixa, como equipar os hospitais com mais leitos e dispor mais profissionais da saúde para um atendimento rápido, e remunerar melhor os professores, para que eles sintam-se valorizados. Ademais, os cidadãos devem ser mais conscientes e ativos politicamente, a fim de alcançar uma sociedade mais harmônica, onde todos poderão desfrutar das mesmas vantagens sem que haja distinção de classe.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018