Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 3 anos por Bruna


A segregação social é um evento fortemente presente na sociedade desde o século XX. O apartheid, que foi a separação de brancos e negros durante a ditadura na África do sul, é um forte exemplo da presença de divisões de classes ao longo da historia. No entanto, o motivo da “camarotização” ou elitização e separação atual, é o poder econômico, as pessoas perderam seu valor enquanto humano e passaram a ser uma maquina para alimentar o capitalismo. Hoje as pessoas são reconhecidas pelo o que possuem e não pelo o que realmente são. Será que vai ser preciso passar por um novo apartheid, porem agora econômico para as pessoas entenderem a crueldade dessa segregação?
As classes que possuem maior poder econômico, atualmente, agem como se fosse uma afronta ter que dividir um espaço social com pessoas de uma classe mais baixa. Logo, buscam formas de receberem e apresentarem privilégios em todos os momentos, para deixar claro que eles são mais poderosos. Um exemplo disso são as viagens aéreas já foi privilégio para pessoas mais ricas, contudo esta se tornando algo cada vez mais comum, e assim separaram os voos em primeira e segunda classe, nas quais os de alta classe se acomodam na primeira classe e os mais desfavorecidos na segunda classe. Em shows existem vários tipos de camarotes, cada um criado para uma classe, e obviamente nenhum dedicado aos menos favorecidos. Tudo isso para mostrar que ter dinheiro significa ter poder e privilégios.
Esse pensamento fútil de dividir a sociedade de acordo com o poder monetário é, além de tudo, um obstáculo para a democracia. Para que exista de fato uma democracia, as pessoas devem discutir e decidir algo que seja comum a todos, entretanto se não há um bom convívio social e as pessoas não possuírem um cotidiano comum, nunca entenderam a opinião do outro e não conseguirão achar uma solução que seja benéfica a todos ou pelo menos para a maioria. Dessa forma, surgirão conflitos, e a democracia será um sistema falho.
Sendo assim, fica claro a necessidade do convívio de classes e senso comum de toda a sociedade, apesar das diferenças econômicas e sociais. Visto que ninguém é melhor ou merecedor de mais atenção e benefícios por possuir um maior poder aquisitivo, isso não significa absolutamente nada, todas as pessoas, independentemente da classe, possuem os mesmos direitos e deveres.( Ademais, é primordial manter uma politica de paz. O senso comum e o compartilhamento do cotidiano social é fundamental para a existência da democracia, já que a sociedade, em sua maioria deve chegar em um acordo benéfico a todos.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018