Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há mais de 2 anos por usuário anônimo.


No Brasil, posteriormente a colonização, era possível distinguir pessoas que moravam no mesmo local de acordo, principalmente, com suas vestimentas e também pelos objetos que portavam, como uma simples bengala. Logo, é perceptível que sempre houve uma forma de distinção das pessoas mais abastadas em relação àquelas que não tinham muitas posses, o que aconteceu, com o passar do tempo, foi um agravamento dessa situação pelo advento do modelo capitalista.
É fundamental avaliar, desse modo, que a forma de diferenciação converteu-se, dentre outras coisas, numa segregação socioespacial. Assim, o capitalismo se tornou o grande causador da desigualdade social, como previu Karl Marx, e com isso temos que a divisão social e geográfica é uma afirmação da divisão de classes no espaço que, como consequência, fomenta a violência em função da marginalização, além de estabelecer uma “sociedade do espetáculo” - Guy Debord.
Diante disso, vemos nas redes sociais exemplos de exibicionismos numa tentativa desesperada de parecer dentro dos padrões de exclusividade e ostentação. Infelizmente, isso traduz a conformação da maior parte da população com o separatismo que, hoje, atingiu todas as áreas, trazendo, inclusive, diferenças nos ambientes frequentados como restaurantes, festas, hospitais, escolas etc. Sendo assim, as pessoas tentam se igualar aos ricos através de aparências, não atentando para o apartheid social existente.
Nessa perspectiva, portanto, o problema não é a riqueza de alguns, mas a desvirtuação do conceito de democracia quando pressupõe-se igualdade de direitos, sendo que os governantes, elitizados, não investem em mais medidas para tonar a sociedade mais igualitária e por outro lado a população, acomodada, não reivindica mudanças. O povo deve cobrar a transformação, através de novas construções e manutenções periódicas, os serviços públicos de educação, saúde e lazer, afim de humanizar a assistência aos usuários, além disso o governo deve, gradualmente, melhorar a distribuição de renda.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018