Título da Redação: A construção de uma sociedade intolerante

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há cerca de 3 anos por usuário anônimo.


A intolerância religiosa caracteriza-se pela não aceitação de alguns indivíduos a determinados credos religiosos, que pode resultar em violência verbal e física, além de perseguição. Apesar do Brasil ser um Estado laico, no qual todas as religiões deveriam gozar dos mesmo direitos e liberdades, não é o que se vive no dia- a- dia.
Por meio de relatos históricos, observa-se que a religião sempre esteve atrelada à vida das pessoas, e em muitos casos uma doutrina foi imposta como superior e detentora da verdade absoluta frente as outras. Pode- se citar, como exemplo, a Inquisição, que se caracterizava pela perseguição da igreja católica contra todos os não cristãos, chamados de heréticos e que teve como consequência a morte e milhares de pessoas. Além de iniciar o processo de escravidão dos povos africanos como que teve seu apogeu na modernidade. Já no século XX, outro acontecimento marcante foi o Holocausto, em que foi declarada uma verdadeira caçada aos judeus, vistos como seres inferiores e responsáveis por todas a crise que a Alemanha passava. Esses fatos evidenciam que a intolerância religiosa e o racismo dividem uma linha tênue.
O Brasil, embora seja um Estado laico, percebe-se uma hegemonia do cristianismo quanto às outras religiões e uma maior resistência em relação as religiões de matrizes africanas. Essas características podem ser justificadas pelo processo histórico-cultural do país, já que os jesuítas permaneceram na centralização da educação brasileira por mais de dois séculos, difundindo o cristianismo como religião a ser seguida. Além das religiões afro terem suas bases trazidas pelos escravos, encarados como seres inferiores e marginalizados pela sociedade. Na verdade, essa intolerância nasce do preconceito ao diferente, que se resume ao desconhecimento e falta de respeito ao próximo, e dessa forma, cria-se um paradoxo quanto aos princípios de todas as religiões que tem em comum a propagação do amor, tolerância e respeito.
Em virtude dos fatos mencionados, verifica-se que a educação é uma ferramenta indispensável para combater a intolerância, pois por meio do conhecimento as pessoas se tornam mais “abertas” para aceitar o diferente. Para isso, seria importante a homogeneidade do ensino religioso em todas as escolas, não direcionando apenas para uma religião, mas procurando passar a origem das religiões e as diferenças quanto as suas tradições e cultos. É preciso pôr em prática a lei que que obriga a todas as bibliotecas a disponibilizarem livros mostrando a história dos povos africanos e sua importância para a construção da identidade nacional.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018