Título da Redação: Caminhos para combater a intolerância religiosa

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há quase 2 anos por Natália


O Brasil é um país marcado pela diversidade, a qual se expressa em vários âmbitos da sociedade, como nos costumes, na cultura e, consequentemente, nas religiões. A miscigenação é responsável pela criação de uma população diversificada, fato que torna uma nação única, a qual deveria orgulhar-se dessas peculiaridades. Em contrapartida, as diferenças, principalmente religiosas, criam um cenário de discriminação e violência, impedindo que o outro exerça a própria religião e crença, ou seja, aquilo que lhe é garantido por lei. Diante de um país predominantemente cristão, qual a melhor alternativa para extinguir a intolerância religiosa?

No século XVI, a vinda de escravos para o Brasil gerou um sincretismo das religiões africanas e brasileiras, criando religiões afro-brasileiras, como o Candomblé e a Umbanda. Dessa forma, a violência contra grupos religiosos de origem africana é, além de crime, um ataque contra as próprias origens. O Brasil intitula-se um país laico, ou seja, sem uma religião oficial, todavia, isso não impede a tentativa de alguns em sobrepor as crenças cristãs às demais, como no caso de alguns políticos religiosos que utilizam a religião como forma de alienar uma grande massa de pessoas e incentivam, de maneira velada, a intolerância com outras religiões.

A questão da intolerância vai além da discriminação de fiéis religiosos, pois o ódio ocorre também com aqueles não adeptos a qualquer religião: os ateus. Assim, é evidente a tentativa de imposição de conceitos muito subjetivos, como a religião, já que o diferente é sempre visto como algo a ser mudado e não respeitado. Nessa linha de raciocínio, o respeito é o artifício necessário para a garantia da coexistência de diferentes práticas religiosas, visto que a lei, por si só, não é suficiente. A punição deveria ser tratada como uma emergência e não como uma solução, pois caso a educação possua uma ação efetiva, a intolerância e a violência diminuem e, possivelmente, deixam de existir.

Portanto, a educação possui um papel essencial no combate da intolerância religiosa no Brasil. As escolas devem abordar a diversidade existente no país, mostrando as características de cada religião e descontruindo o senso comum criado pela sociedade. As famílias, mesmo cristãs, devem mostrar às crianças que nenhuma prática religiosa deve ser reprimida apenas por ser diferente. Ademais, o ensino religioso já é uma matéria presente nas escolas, porém, muitas vezes é voltada apenas para o Cristianismo. O Governo Federal deve exigir uma abrangência no ensino das práticas religiosas nas escolas de todo o país, permitindo que os jovens tenham conhecimento e, sobretudo, respeito a todas as religiões.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018