Título da Redação: Cometida por muitos, percebida por poucos

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há cerca de 2 anos por usuário anônimo.


Cometida por muitos, observada por poucos

Desde a idade média, com o império romano perseguindo os cristãos, passando pela 2ª guerra mundial, com a Alemanha nazista matando milhares de Judeus, e chegando aos dias atuais, com diversas pessoas sendo mortas, por grupos terroristas, apenas por causa de sua religião. A intolerância religiosa é algo bastante presente no Brasil, desde 2011, quando os o disque denúncia começou a receber casos de intolerância, os números apenas aumentam, segundo o uol notícias, o número de casos relatados em 2015 chegaram a 252, número 69% maior que no ano anterior. A intolerância está em todos os lugares, com pessoas de religiões distintas ou até mesmo com religiões mais parecidas.
Segundo o jornal Folha de São Paulo, as pessoas que são fieis a religiões afrodescendentes são as mais atingidas pela intolerância. Muitas vezes alguém que segue uma determinada religião condena extremamente pessoas que seguem religiões como o candomblé, sem mesmo saber como funciona os seus cultos e adorações, muitas vezes por achar que é diferente demais da sua ou até mesmo por pura estupidez, casando problemas e angustias.
Além do preconceito com religiões afrodescendentes, é importante analisar, também, que muitas vezes a intolerância acontece com pessoas de religiões parecidas, como de católicos com evangélicos e vice-versa. O folha de estado também relata que fiéis de religiões evangélicas é o segundo maior, muitas vezes é cometidas por alguns católicos que por diferenças de conceitos acabam tentando reprimir essas pessoas, mas muitas vezes também é uma resposta aos atos de alguns evangélicos contra os católicos, o que acaba gerando um desconforto entre ambos.
Dessa forma, percebe-se, que a intolerância religiosa no Brasil está presente de diferentes formas e em todas as regiões. Neste contexto é notório que algo deve ser feito. Portanto deve-se usar antes de tudo a maior arma contra qualquer tipo de preconceito, a educação, colocando em pauta nas salas de aula os diversos tipos de religiões, organizando palestras com pais e filhos para orienta-los, para que as conheçam e não tirem conclusões precipitadas e preconceituosas. Cabe também ao governo juntamente com os diversos meios de mídia, medidas que chamem atenção de toda a população para atitude de muitos, paras que a sociedade possa perceber os erros que comete desde a antiguidade.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018