Título da Redação: Intolerantes "em nome de Deus"

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há mais de 3 anos por Mariana Goulart


Desde a antiguidade o homem tende a transcender suas dúvidas e esperanças, mas com o passar do tempo, o contato entre diferentes povos fez com que um colocasse sua crença como verdade absoluta e superior a qualquer “heresia”. Desta forma surgiram inúmeros conflitos religiosos pelo mundo, sendo muitos presentes na atualidade. Embora o Brasil não apresente conflitos declarados e guerras entre credos, a convivência de diversas religiões não é completamente pacífica, evidenciando a necessidade de métodos que garantam os direitos da população e o respeito entre fiéis e ateus.
É perceptível no dia a dia, “pequenos” preconceitos religiosos que muitas vezes são ignorados, apesar da forma como soam insultantes. No entanto, é a partir de atos quase insignificantes que nascem as ideias de superioridade e, assim como em outras formas de preconceito, o mal deve ser “cortado pela raiz”. Tanto os comentários odiosos, como os atos mais graves, como os ataques a terreiros, que ocorrem frequentemente no país, devem ser condenados por lei, ao invés de “rasgar” as palavras da Constituição brasileira, que defendem a liberdade de cultos, dando importância aos ataques ocorridos apenas a uma determinada religião.
Como dito pelo renomado médico e escritor brasileiro, Dráuzio Varella, que acredita no julgamento dos homens por suas ações e não pelas convicções que apregoam; os religiosos não são iluminados nem crédulos, superiores ou inferiores. Logo, a maior preocupação de indivíduos praticantes de alguma religião, ou não, deve ser a de ajudar o próximo, sem se preocupar em julgá-lo herege ou não. Desta forma conflitos nos quais vidas são tiradas “em nome de Deus” vandalismos em templos seriam menos frequentes no Brasil e no mundo.
Assim, é perceptível que a fim de evitar que conflitos entre credos, como os que ocorrem até hoje em Israel, sejam parte da realidade da tão miscigenada sociedade brasileira, é necessário o apoio da população e dos governantes, com a investigação e punição de atos preconceituosos, através de multas e prisões. Escolas devem ensinar a ética e as mais diversas religiões, sem priorizar uma única, mas sim possibilitando um crescimento humano. Campanhas divulgadas por meios de comunicação em massa podem ajudar a educar e reduzir a intolerância, mostrando, como diria o guru espiritual Sathya Sai Baba, que existe apenas uma religião: o amor.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018