Título da Redação: Modernas inquisições

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há quase 2 anos por Júlia Carvalho


Divergentes ideologias e crenças existem desde os primórdios da sociedade. Durante a história, a escassez de respeito para com as diferentes visões de mundo é refletida. Como na Idade Média, época em que inúmeras mortes ocorreram devido à Inquisição. A Igreja Católica foi responsável por julgar e perseguir hereges e indivíduos que não aceitavam seus dogmas. Analogamente, no Brasil, muitos judeus foram perseguidos durante o período colonial. E, hodiernamente, contrariando a liberdade religiosa assegurada pela Constituição, ainda são vistos crimes de intolerância. Nesse âmbito, torna-se necessário o combate ao entrave.
O Estado Brasileiro é laico, ou seja, neutro quanto ao aspecto religioso. Desse modo, cabe respeitar quaisquer manifestações, sem interferência. Além do mais, deve garantir direitos iguais aos fiéis, uma vez que todos são livres para escolher suas crenças e doutrinas. No entanto, há uma normatização que dificulta o combate à intolerância religiosa. Como a maioria do país adota uma crença cristã, a sociedade é regida por essa normatização, de acordo com o pensamento do filósofo francês Foucault. A conduta social construída pela normalização deve findar-se a fim de combater a falta de tolerância. O caminho é tornar comum as diferenças e a convivência entre elas.
Outrossim, atitudes ofensivas em função de crença são consideradas crime sob pena, segundo o artigo 208 do Código Penal brasileiro. Na prática, o número de infringências é intenso. Até 2014, uma denúncia ocorria a cada três dias. As principais vítimas são fiéis de religiões de matrizes africanas, como candomblé. Em 2015, no Rio de Janeiro, uma menina de 11 anos foi apedrejada por praticar uma doutrina afro-brasileira. Evidenciando a gravidade do problema e a necessidade de reversão desse quadro.
Em suma, os caminhos para o respeito e a tolerância religiosa devem ser encontrados. Primeiramente, cabe ao governo disponibilizar um número para denúncias, bem como deve punir criminosos de acordo com a lei. Ademais, a mídia deve contribuir abordando o tema, mostrando que há diferentes crenças que devem ser respeitadas, o que pode ser feito por meio de telenovelas. Por fim, a família indubitavelmente deve conscientizar as novas gerações mostrando que há liberdade religiosa e que nenhuma ideologia sobressai em relação à outra. Assim, modernas inquisições serão evitadas.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018