Título da Redação: O desafio de conviver com a diferença

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há cerca de 3 anos por marina gomes


Cristãos, muçulmanos, budistas, judeus, afros e protestantes: esses são alguns dos seguidores religiosos encontrados no Brasil. Essa diversidade é resultante da miscigenação cultural histórica e do sincretismo que foi capaz de unir doutrinas aparentemente tão distintas. Entretanto, o convívio harmonioso entre esses grupos nem sempre é possível, emergindo assim uma questão ignorada pela maior parte da sociedade, mas que está presente na vida de muitos: a intolerância religiosa, e saber conviver com a diferença ainda é o maior desafio.
É importante ressaltar que episódios envolvendo esse problema são comuns na maioria dos territórios. No mundo contemporâneo, acontecimentos bárbaros são causados, muitas vezes, por fundamentalistas - que são os mais conservadores e literais adeptos de uma religião. O que preocupa a todos é quando eles fazem o uso indiscriminado da violência para impor seus princípios e ideologias, uma vez que enxergam em sua crença a única orientação viável para a organização do Estado e da sociedade. Dessa forma, ferem-se os direitos democráticos e, principalmente, a liberdade de expressão dos indivíduos. Exemplo disso foi o ocorrido na França, no início de 2015: doze chargistas do jornal Charlie Hebdo foram cruelmente assassinados devido às publicações que satirizavam a maioria das religiões.
É válido destacar também que, de acordo com a Constituição Federal de 1988, o Brasil é um Estado Laico. Além disso, a mesma assegura o tratamento igualitário a todos os seres humanos, quaisquer que sejam suas crenças. No entanto, nota-se, frequentemente, o desrespeito com quem “pensa diferente”. Isso se deve ao fato de haver uma campanha sistemática por parte de algumas igrejas a fim de disseminar e incitar o preconceito inter-religioso. Desse modo, as vítimas são perseguidas, e muitas vezes, agredidas por fieis movidos pela pressuposição de “superioridade”. Prova disso é a de que, a todo o momento, são registrados vários casos de intolerância, e um dos mais recentes que aconteceu nesse país foi o de uma menina, de 11 anos, que levou uma pedrada na cabeça, quando saía de um culto de candomblé.
Contudo, diante de sérias divergências entre crenças tão diversas, é necessário que medidas sejam tomadas para amenizar esse impasse. Sendo assim, cabe ao Governo garantir a segurança dos cidadãos, com maior rigidez nas investigações e punições aos que cometem esse crime; à mídia expor esse tema com debates jornalísticos; às escolas em conjunto com as famílias difundirem valores por meio de projetos socioeducativos; e a cada indivíduo buscar, acima de tudo, respeitar a doutrina alheia. Afinal, todos podem ter sua prática sem negar a do outro e sem impor uma ideologia como verdade absoluta e, então, conviver com a diferença não será mais um desafio.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018