Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há cerca de 2 anos por usuário anônimo.


eclaração Universal dos Direitos Humanos, instituida pela Organização das Nações Unidas, em 1948, assegura a livre crença e expressão religiosa. Contudo, no mundo atual ainda se observa o grave problema da intolerância religiosa, prova disso foi o atentado proferido pelo grupo radicalista Estado Islâmico, ocorrido em Nice, na França, em Julho deste ano. Nesse cenário, o Brasil se apresenta como um dos países onde este mal é mais frequente, necessitando de uma intervenção emergencial.
Inicialmente, é válido salientar, de acordo com o renomado historiador Boris Fausto, que a sociedade brasileira se desenvolveu tendo como referencial o homem branco, heterossexual e cristão. Sendo assim, mesmo o país sendo legalmente laico, muitos são os empecilhos para fazer valer a lei. É fato que a própria cúpula parlamentar do país conta com uma Bancada Evangélica que, via de regra, molda Políticas Públicas de acesso à cultura conforme suas preferências, dificultando assim o combate ao preconceito religioso e ao etnocentrismo ibérico.
Ainda nessa perspectiva, a sociedade brasileira traz como agravante a reprodução de práticas racistas aliada ao preconceito religioso. De acordo com dados da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, um terço das denúncias por discriminação religiosa parte de pessoas vinculadas à religiões de matriz africana. Um dos exemplos mais recentes ocorreu este ano no Sudeste do país quando uma menina foi apedrejada, por evangélicos, ao sair de um culto umbandista. Acontecimentos como este retificam a necessidade de articulação comum no enfrentamento a tal problema.
Portanto, torna-se inegável a intervenção em tal impasse. O Ministério da Justiça, deve elaborar uma lei que estabeleça um limite claro entre liberdade de expressão e imposições religiosa, esta deve conter penas generosas, podendo chegar a crime inafiançável. Por sua vez o Ministério da Educação, deve implantar um Programa Nacional de Combate e Prevenção a Intolerância Religiosa, manifestando-o através de encontros, congressos e palestras sobre o tema. Ademais, os agentes formadores de opinião mais importantes, família e escola, devem educar pelo diálogo suas crianças, conscientizando-as acerca da diversidade cultural, étnica e religiosa existente, auxiliando assim a criação de sua ética cidadã.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018