Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há quase 2 anos por usuário anônimo.


Com o advento do nazismo alemão, Hitler decretou, durante a Segunda Guerra Mundial o extermínio de mais de 6 milhões de judeus. Tal ato demonstra o grau de intolerância religiosa presente neste contexto, todavia, hoje no Brasil, é possível observar vestígios desta prática. Diante disso é preciso assinalar as causas desta ação que a cada dia cresce no contexto nacional, a fim de combater esta problemática antes que atinja mais cidadãos.
É válido analisar, antes de tudo, o vetor do discurso de ódio que engloba os intolerantes religiosos. Por considerarem sua opção de fé superior a dos demais, tais praticantes sentem-se no direito de ferir e oprimir às pessoas que propagam outra crença. Contudo, esta atitude é contrária a Constituição Cidadã que assegura a liberdade de expressar e propagar as manifestações de cunho dogmático. Além disso, o que está garantido em lei não e cumprido totalmente. Recentemente, o portal de notícias G1 divulgou uma imagem onde mostrava santos católicos quebrados e sujos por um grupo de fiéis evangélicos. Isso mostra que o Brasil continua intolerante neste sentido.
Convém destacar ainda a falsa bandeira erguida de intolerância, tendo em vista as milhares de pessoas que fazem uso de expressões que denotam indícios de futuros crimes contra a liberdade ou não de manifestações de religião. Questionamentos como “Que turbante estranho é esse?”, “Por que ela se veste assim?”, traduzem um pouco do que as pessoas que professam a religião afro-brasileira sofrem diariamente. Estes são o ponto de partida para a intolerância, sendo necessário interromper tais dizeres com o intuito de evitar que esta prática persista.
Fica claro, portanto, a necessidade de se pensar em uma prevenção viável para este impasse, antes que ele atinja o nível do Holocausto presente durante o domínio nazista. Segundo o físico Albert Einstein, uma pessoa inteligente resolve os problemas, mas a sábia previne-os. Para atingir o combate tão almejado é preciso que o Poder Judiciário, em consonância com o governo federal crie leis mais severas contra os atos de intolerância, como fito de evitar a abrangência desta ação compulsória. As mídias, por sua vez, podem divulgar nacionalmente as religiões presentes no cenário social com o objetivo de mostrar para a população as pluralidades que formam o Brasil, assim, ela irá conhecer tais peculiaridades e desmistificar os discursos de ódio enraizados no senso comum. As escolas elementares precisam desenvolver em seus alunos o senso de respeito ao diferente desde a infância, semanalmente sobre os moldes de feiras colaborativas, onde serão realizados encontros com pessoas de religiões diferentes. Assim, a sociedade irá combater junta esta prática, e será realmente igualitária.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018