Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há quase 2 anos por nery


A intolerância religiosa no Brasil é um tema muito debatido e polemizado na sociedade, contudo este não é um tema contemporâneo e sim um errôneo resquício moral do passado. Desde a chegada dos portugueses não ocorreu um processo de continuidade da cultura afro-brasileira, onde os lusitanos consideravam a religião local inferior ao catolicismo vigente em Portugal. Atrelado ao contexto histórico, vê-se atitudes discriminatórias, agressivas e ofensivas presentes na sociedade. A atitude estatal de propor leis mais eficazes e que proponha uma severa pena à transgressões das leis seriam extremamente benéficas para o corpo social. Temas como a impunidade e a discriminação devem ser analisadas para que o debate não fique esvaziado.
Islamismo, catolicismo, judaísmo, espiritismo, religião evangélica e afro-brasileira. Cada uma das religiões citadas têm sua feição ímpar, contudo há presente na sociedade uma cultura de não respeitar a opinião diferente de outras pessoas. De acordo com Aristóteles, a política deve agir com base na justiça para manter o equilíbrio da sociedade. Contudo, o Estado falha neste equilíbrio social, onde ocorre atitudes ofensivas, preconceituosas, discriminatórias e tratamento diferenciado à alguém em função da crença. Dessa forma, o Estado deve agir de modo à não corroborá com a prevalência da intolerância religiosa no Brasil.
Outra questão a ser analisada é o racismo ainda vigente no país. Soma-se à isso a intolerância religiosa, onde os fiéis de religiões afro-brasileiras são as principais vítimas de discriminação. A Constituição assegura liberdade de expressão à quaisquer indivíduos contudo não ocorre fora do papel esta liberdade de fato. Assim, uma medida paliativa para que no futuro o pensamento discriminatório mude é a instituição de palestras sobre a cultura afro-brasileira sendo de suma importância para a formação identitária do Brasil.
Portanto, medidas são necessárias para resolver o impasse. Por intermédio do Ministério da Justiça deve-se agir de modo à punir indivíduos que transgridem a lei para que no futuro não ocorra casos de intolerância religiosa. Além disso, como disse o filosofo Immanuel Kant, “o ser humano é aquilo que a educação o faz dele”. Sendo assim, deve-se instituir nas escolas públicas palestras, ministradas por sociólogos, que abordem os malefícios do não respeito ao próximo.Ademais, campanhas midiáticas que abordem sobre a conscientização da população sobre os caminhos para combater a intolerância religiosa. Além disso, a mídia deve propor ficções engajadas com o fito de abordar questões de intolerância religiosa ainda tão presentes na contemporaneidade.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018