Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há quase 2 anos por usuário anônimo.


Após a união ibérica, o Brasil foi invadido por holandeses, que tentaram a todo custo impor sua religião sobre os brasileiros. Quando os portugueses chegaram no Brasil, tentaram fazer o mesmo. É possível perceber que o Brasil sofre há séculos com problemas relacionados à intolerância religiosa. Nesse contexto, esse problema secular atrelado à falta de atenção dada a discussões sobre aceitação religiosa na educação brasileira contribuem para manter a intolerância contemporânea.
É indubitável que a intolerância religiosa é algo maléfico à sociedade. Hitler e a Alemanha nazista mataram milhões, pois não toleravam judeus. Atualmente, não é raro que um seguidor do alcorão se exploda matando pessoas por conta de problemas relacionados à discriminação religiosa, como pode ser percebido em um massacre, que aconteceu dentro de uma empresa, após jornalistas criarem caricaturas usando “Allah” (Deus em árabe). No Brasil, embora a situação não chegue a esse ponto, a intolerância existe há muito tempo – muitos escravos da costa africana eram obrigados a converterem suas religiões quando chegavam ao Brasil. Assim, para alcançar a liberdade religiosa, é preciso acabar com esse impasse.
No entanto, não é só o fator histórico que alimenta essa problemática. No Brasil, é difícil encontrar escolas discutindo acerca de problemas religiosos. Dessa maneira, torna-se impossível melhorar a situação – que, segundo o sociólogo Pierre Bourdieu, não se dá apenas pela agressão física, mas, sobretudo, pela perpetuação de preconceitos que agridam um grupo ou uma crença. Nesse contexto, é preciso inserir na sociedade atual a ideia de que tolerar é benéfico a todos. Nassao, líder holandês que comandou vários grupos exploradores no Brasil, após a união ibérica, conquistou o respeito até mesmo de índios e negros escravizados, deixando de tentar impor a religião holandesa, permitindo a liberdade religiosa nas áreas conquistadas.
Para Mahatma Gandhi, o esforço nunca deve ser usado para impor uma crença a um indivíduo, mas sim para torná-lo um melhor seguidor da sua própria crença. Portanto, o MEC deve incentivar discussões sobre tolerância religiosa em escolas. Para isso, aulas de geopolítica e história, focadas em guerras e conflitos ocasionados pela intolerância religiosa devem ser aplicadas antes das discussões. Ademais, a mídia deve inserir, em programas televisivos, como novelas, situações que instiguem os telespectadores a refletirem sobre o assunto. Desse modo, será possível conscientizar a sociedade, principalmente os estudantes.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018