Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há cerca de 3 anos por Thiago Lemes


Com o passar dos anos é possível afirmar as inúmeras conquistas referentes às lutas que houve para a obtenção da liberdade. Na Revolução Francesa, foi instaurado o Iluminismo, que previa como primordial, a razão para as tomadas de decisões e se disseminou para o resto do mundo, e que hoje é a base da democracia. Entretanto, mesmo com a democracia, ainda há na sociedade casos de preconceito religioso, talvez por motivos culturais ou ideológicos. O fator problema é que uma parcela da populacional está prejudicada, evidenciando que algo necessita ser feito.
O Brasil no período Colonial, teve a catequese do cristianismo tanto para os nativos quanto para os escravos. Nessa época, fazia parte do Estado a religião Cristã, porém após a constituição, foi erradicada essa prática, prevendo a laicidade do governo. A partir disso, 95% da população são de orientação dogmática cristã, que pela sua doutrina, condena a adoração a outros deuses ou qualquer verdade diferente do que ela prega, fato que corrobora preconceito em muitos dos fiéis, repudiando outras crenças, sendo a principal de origem africana. Logo, é perceptível a carência da regulação de limites que dever ser impostos às igrejas.
Não obstante, além do preconceito já observado, há inúmeros casos de violência associada à intolerância como é possível verificar em um caso de repercussão nacional: menina apedrejada no RJ após sair do culto de Candomblé. Esse caso, em especial, a mídia deu atenção maior. Porém, existem muitos outros casos desse tipo registrados nas delegacias e ainda outros que simplesmente não dão queixas dos crimes perante o sentimento de impunidade presente no país relacionado a esse assunto.
Torna-se evidente, portanto, que o Estado deve criar leis que proíba a exposição pública das Igrejas, de forma que restrinja a doutrina apenas para os fiéis, proibindo propagandas e programas que manifestem suas opiniões para todos. Que o MEC disponibilize aulas de filosofia e sociologia imparciais sobre as religiões nas escolas, e por fim, o uso de meios midiáticos para expor que a intolerância é crime e punir, como já é previsto em lei, os infratores.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018