Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há mais de 2 anos por dreamer


Brás Cubas, o defunto autor de Machado de Assis, afirmou que não teve filhos nem transmitiu a nenhuma criatura o legado da nossa miséria. Talvez hoje ele percebesse o quanto a sua decisão foi correta, visto que, a escolha individual por crenças religiosas ainda gera preconceito no Brasil, levando a casos de segregação social e até mesmo, assassinatos.
Em primeiro plano, deve-se analisar o histórico brasileiro como um causador da intolerância religiosa. Desde a colonização portuguesa, as religiões indígenas e africanas são constantemente combatidas em virtude das crenças europeias, o que é observado até hoje em casos de violência contra praticantes de religiões africanas, como o candomblé. Logo, a herança histórica brasileira viola os direitos básicos do cidadão e o preconceito é evidente em ambientes escolares e em espaços sociais, como por exemplo, na pequena representatividade artística das crenças e costumas africanos.
O Brasil, apesar de o país com maior miscigenação do mundo e por isso, ser considerado altamente receptivo, não cumpre seu papel com os povos que migram na tentativa de fugir de guerras religiosas, como as do Oriente Médio e ainda, sofrem com preceitos contra sua identidade cultural em território nacional. Exemplificando esse cenário, destaca-se as tentativas frustadas das muçulmanas conquistarem uma vaga de emprego, pois apesar de serem qualificadas para os cargos, sua vestimenta é discriminada em ambientes de trabalho. Outro obstáculo enfrentado por esses povos é a crescente participação religiosa na política, que eleva crenças em deterioramento de outras e põem em risco a laicidade do país.
Fica claro, portanto, a necessidade de intervenções para barrar, ou pelo menos, minimizar as consequências da intolerância religiosa. Para isso, cabe as escolas a crianção de feiras culturas que possibilitem a comunidade e aos estudantes o contato com diferentes crenças, para que a escola sirva como ambiente de debate e aceitação. Ademais, cabe ao Governo Federal a crianção de emendas constitucionais que proíbam contratantes de rejeitar candidatos por sua orientação religiosa, o que deve ser fiscalizado e possuir um sistema de denuncia virtual, para que ocorra de maneira ágil, Tudo isso para que haja um futuro, cujo legado, Brás Cubas pudesse se orgulhar,

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018