Título da Redação: Tudo começa pelo respeito

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há cerca de 2 anos por Sabrina Siebra


A religião tem enorme influência nos meios governamentais, culturais e sociais de uma sociedade. Ao longo dos séculos, divergências e sincretismos possibilitaram o surgimento da pluralidade de crenças em todo o mundo. No Brasil contemporâneo, contudo, apesar da busca constante por equidade, práticas religiosas minoritárias enfrentam barreiras intolerantes na preservação da liberdade.
Inicialmente, para entender o Brasil atual é preciso analisar o passado. Em face disso, nota-se um contexto colonial marcado por obstáculos religiosos na qual a realidade circundante era controlada de forma assimétrica e una pelos católicos. A exemplo, a Revolta dos Malês, - escravos alfabetizados e seguidores da religião islâmica - que foram duramente massacrados e impedidos de professarem sua fé. Assim, esses traços marcantes de repreensão perpassam gerações e tornam-se um ciclo vicioso de negação e hostilidade para com minorias de crenças.
Outrossim, intolerância religiosa é crime de ódio e fere a dignidade do individuo. Segundo dados coletados pelo Disque 100 da Secretária de Direitos Humanos da Presidência da República, a cada ano cresce em 200% o número de vítimas relacionadas a crimes de perseguição religiosa. O agressor costuma atacar e desmoralizar hábitos, deuses, elementos ritualísticos, símbolos e imagens. Essa é a opressão simbólica da qual trata o sociólogo Pierre Bordieu, uma vez que a violência está, sobretudo, na perpetuação de preconceitos que atentam contra a identidade da pessoa humana.
Destarte, fica evidente a necessidade de medidas para combater o mal social da intolerância. Logo, o Judiciário deve punir contundentemente crimes de ódio contra a diversidade religiosa, além disso as Secretarias Estaduais de Direitos Humanos devem criar mecanismos no ambiente presencial e virtual para massificar os canais de denúncias, bem como fornecer apoio às vítimas e agressores. Não tarde, as escolas junto com o Terceiro Setor e a sociedade civil devem atuar na conscientização e respeito, por meio de atividades, campanhas, projetos e atividades extraclasse que evidencie a importância da aceitação de todos para o exercício pleno da cidadania.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018