Título da Redação: As raízes sociais do consumismo e da ostentação.

Proposta: A ostentação e o consumismo.

Redação enviada há mais de 3 anos por Pâmela Alves


Como disse o filósofo grego Aristóteles, "o homem é um ser social". Sendo assim, as relações interpessoais moldam o indivíduo e consequentemente estabelecem padrões de aceitação em um grupo. E com a cultura da ostentação e do consumismo não é diferente.
Ser aceito é um desejo de todos, com isso dito torna-se simples entender o comportamento da geração atual em que o desejo pelo material é absurdo. Os produtos mais caros e modernos funcionam como um passe de inserção, por exemplo, em um grupo de pessoas que usam roupas de marca e que sempre acompanham as tendências do mundo moderno, alguém que foge a esse padrão sente-se deslocado.
Além disso, é importante destacar o desejo de autoafirmação que acompanha o consumismo e a ostentação. A imagem construída, mesmo que falsa, leva ao sentimento de conforto. A maneira externa pela qual o indivíduo é visto ganha prioridade em relação a maneira interna.
Sendo assim, essa mentalidade que está intimamente ligada as diferenças sociais e econômicas do país nos levam a cultura do consumismo e da ostentação. A mudança, no entanto, é possível. É um processo individual, em que o valor passa a ser agregado na qualidade e utilidade, tanto material quanto pessoal.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018