Título da Redação: Aposentadoria sem descanso

Proposta: Envelhecimento da população brasileira: os novos desafios

Redação enviada há cerca de 3 anos por Pedro Bandeira


No final da Idade Média, os países que praticavam o mercantilismo, a busca por metais preciosos, foram os protagonistas no comércio mundial da época. Já no século XVIII, um país com forte industrialização, resultado das Revoluções Industriais, era sinônimo de primeiro mundo. Hoje, a perspectiva é diferente. O avanço da medicina e tecnologia estendeu a expectativa de vida, e mesmo com os problemas que esse novo cenário traz, uma nação com “cabelos brancos” tornou-se reflexo de um país desenvolvido.
Uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE, constatou que, enquanto a média de idosos na década de 60 era de 2,7% da população total, no ano de 2010 já era de 7,4%, e a previsão é que em 2030, o número de pessoas acima dos 60 anos será de 13,3%. Esse aumento provém das melhores condições de vida em um mundo globalizado, com maior acesso a informação e conhecimento, de um sublime avanço tecnológico na produção de medicamentos e vacinas, e do processo de êxodo rural, pois antigamente a vida no campo, com atividades intensas e esgotantes, castigava o trabalhador, diminuindo sua expectativa de vida.
Se por um lado, o grande número de idosos demonstra um aumento na qualidade de vida, também provoca uma série de problemas socioeconômicos. A pirâmide etária brasileira tem sofrido o processo de transição demográfica, visto que enquanto a expectativa de vida aumenta, a taxa de natalidade diminui. Sendo assim, em um curto espaço de tempo, a população economicamente ativa não terá condições de sustentar a de idosos, resultando em uma crise no setor previdenciário. Com um menor número de empregados relativo ao de aposentados, o valor da aposentadoria diminuirá, fazendo com que pessoas com mais de 65 anos precisem continuar prestando serviços. Esse fenômeno já ocorre em grande parte do território brasileiro, uma vez que os idosos não querem depender apenas de uma previdência com baixa remuneração e com possibilidade de uma futura crise.
Uma maior integração da população idosa no mercado de trabalho, seria uma possível solução para o problema previdenciário, adequando o serviço as limitações causadas pela idade avançada, junto com um incentivo do Estado à migração para o país, visto que grande parte dos imigrantes procuram um melhor lugar para exercerem suas funções, como no caso dos Haitianos. Essa situação acarreta mais lucro para o governo, podendo garantir a prosperidade econômica da terceira idade.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018