Título da Redação: As consequências do envelhecimento

Proposta: Envelhecimento da população brasileira: os novos desafios

Redação enviada há mais de 3 anos por Tati Dourado


O crescimento acelerado da população idosa é um processo que já ocorre no mundo todo, principalmente nos países desenvolvidos e que vem se intensificando nos países em desenvolvimento, incluindo o Brasil. São vários os fatores que culminaram nesse aumento, como por exemplo, a melhoria nas condições de vida da população. Destaca-se, porém, que esse fenômeno está diretamente ligado com a redução da População Economicamente Ativa (PEA) e maiores despesas com a saúde pública.
Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), a faixa etária que mais irá crescer nas próximas décadas, é a população acima de 60 anos. Isso ocorre, principalmente, pela redução da fecundidade, que torna os grupos etários mais jovens menos representativos na comunidade. Esse encolhimento no número de filhos é devido, especialmente, ao uso de pílulas anticoncepcionais, a entrada da mulher no mercado de trabalho e até mesmo a urbanização, pois se torna mais caro e difícil manter os filhos nas cidades. Além da melhoria nas condições de vida, como acesso à água potável, saneamento básico, campanhas de vacinação, todos esses, são fatores que culminaram no aumento da longevidade da população.
Apesar do aumento da expectativa de vida ser sinônimo de desenvolvimento de um país, ela desencadeia, por outro lado, uma redução de pessoas em idade ativa e que são responsáveis por custear a população em idade inativa e dinamizarem a economia do país. É preciso ainda, levar em consideração os problemas relacionados á saúde, pois ocorre uma mudança no perfil das doenças, que geralmente são crônicas, tornando o tratamento mais caro e prolongado. O Brasil vive um momento favorável, visto que a maioria da população está em idade ativa, o que gera um bônus econômico que pode ser utilizado em investimentos com o intuito de aliviar a pressão financeira futura.
Notou-se uma preocupação maior com os idosos a partir da constituição de 1988, pois foi implantada uma renda mínima para assegurá-los. Hoje, no entanto, com o ritmo acelerado dessa faixa etária é preciso mais, como por exemplo, a regulamentação e ênfase na reintegração dos idosos ao mercado de trabalho, por meio de incentivos às empresas que os contratarem. Seria interessante também a criação de cursos com o intuito de formar “cuidadores”, pessoas especializadas em lidar, cuidar e acompanhar os idosos no dia a dia. É necessário que as cidades sejam melhores estruturadas, começando com pequenas reformas, como a construção de banco em diversos pontos, já que os idosos se cansam mais, e até mesmo a construção ou reforma de calçadas, facilitando o deslocamento desses pelas cidades.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018