Título da Redação: A inconsciência que mata

Proposta: O desafio enfrentado pelo Brasil no cenário das mudanças climáticas globais.

Redação enviada há mais de 3 anos por Vinicius Soares


Segundo Lavoisier, em sua teoria sobre a conservação das massas, “Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. Tal observação parece guiar os princípios ecológicos dos países que mesmo no século XXI minimamente pensam no futuro da humanidade. Sendo um desses países, o Brasil se destaca ferozmente como inconsciente das transformações climáticas globais, o que pode ser crucial para o colapso total do país.
Quando o homem, nos primórdios, conquistou o domínio do fogo, que mais tarde serviria para inúmeras atividades vitais à sua sobrevivência mal percebeu quão poderoso maleficamente o fogo poderia se tornar. As queimadas nas florestas e a combustão de substâncias tóxicas nas indústrias e nos automóveis promovem o fogo como um dos maiores instrumentos de destruição da terra.
Por outro lado, a ‘necessidade’ de conforto e modernidade dos grandes capitalistas além de diminuir economicamente os menos abastados ainda os afetam com as mudanças climáticas. Pesquisas revelam, que os grandes proprietários agroindustriais, que exploram o solo, derrubam arvores e poluem intensivamente a atmosfera são majoritariamente responsáveis pela seca desacerbada que atinge alguns estados e chuvas tempestuosas que atingem outros.
É importante salientar, que entre todas as responsabilidades a se tomar com a atmosfera terrestre se destaca o cuidado com a substância primordial a vida: a água. A água potável que sempre foi minoria diante toda a imensidão oceânica, hoje está ainda mais escassa. Em questões nacionais, o país que para sua população sempre foi dotado de rios de águas cristalinas, enfrentou em 2014 o começo de uma das maiores crises hídricas da história.
Sendo assim, o que para o químico Lavoisier no século XVIII não se perdia, atualmente se contrapõe. O Brasil vive um momento em que todas as atenções, principalmente da mídia, estão voltadas para a escassez da água no sudeste, o que entretanto sempre aconteceu em outras regiões e foi negligenciado. A mídia, sendo um importante meio de comunicação com a população precisa dar assistência a nuances como a temperatura que nos últimos tempos vem se extremando, e o desmatamento de florestas e poluição de rios que acabam juntos com a biodiversidade de todos os animais, inclusive o ser humano.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018