Título da Redação: Serra, cerrado

Proposta: O desafio enfrentado pelo Brasil no cenário das mudanças climáticas globais.

Redação enviada há mais de 3 anos por Sabris Oliveira


Se o tempo desde a grande explosão e criação do universo for colocado em uma escala anual, a raça humana surge apenas no último minuto, do último dia, do último mês do ano, tempo suficiente para poluir seu planeta mais que qualquer outro animal, deixando-o à beira de um colapso climático e ameaçando a existência de toda e qualquer geração futura.
Autodenominados de "animais racionais", sua capacidade perceptiva muitas vezes é questionada já que desde sempre colocam seus interesses pessoais e econômicos acima daquilo que lhes permite viver, a Terra. Diversos congressos internacionais já aconteceram, alguns inclusive no Brasil, em prol da diminuição da liberação de gás carbônico (CO2) na atmosfera, o principal causador da aceleração do efeito estufa no mundo.
Responsável por 5% dessa liberação global de CO2 e outros poluentes, o Brasil entra na lista dos países que mais contribuem para o aquecimento global. E a fonte energética usada, as hidrelétricas, não são consideradas energia limpa? Sim, mas a maior parte da emissão desse gás vem da região norte, onde o desmatamento e queimadas ocorrem com frequência na Amazônia.
Conhecida como Pulmão do Mundo, a floresta amazônica funciona mais como uma esponja, já que todo oxigênio produzido é usado pela mesma. O porém surge quando uma árvore é queimada e todo carbono absorvido durante sua vida queima junto, aumentando a emissão fóssil. Os ambientalistas defendem que o novo Código Florestal, aprovado recentemente pelo Senado, deixa brechas para o aumento do desmatamento que ameaça a pomposa floresta amazônica de virar uma savana e futuramente se desertificar, o que já está acontecendo com a caatinga do nordeste brasileiro.
Desertificação é apenas uma de várias catástrofes que vêm junto com as alterações climáticas. Destruição de habitats, aumento de temperatura, seca mais intensa são outros exemplos do que pode acontecer se governos não tomarem medidas imediatas. O reflorestamento de áreas devastas e a implantação de energia menos nociva, como solar e eólica contribuiria para evitar o fim da civilização. Uma melhor distribuição dos recursos naturais também seria imprescindível, já que grandes nações acabam usando-os sem limites enquanto muitas ainda sofrem com a falta deles.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018