Título da Redação: Familiarizando-se

Proposta: O que é uma família?

Redação enviada há cerca de 3 anos por Thai


“Papai, mamãe, titia; vovô, vovó, sobrinha” tal conceito de família parece ter ficado apenas na letra dos Titãs. Hoje essa noção está mais ampla e aberta a novas mudanças, o que é natural uma vez que o mundo vive em constante evolução, pais solteiros, filhos adotivos, dois pais, duas mães, esses são só alguns dos possíveis arranjos da família contemporânea. No entanto ainda há muito o que discutir para que, de fato, esses novos formatos sejam reconhecidos, legalizados, façam parte da nova retratação a instituição familiar brasileira e acima de tudo sejam respeitados.
Apesar das visíveis mudanças positivas, o conservadorismo ainda é latente na sociedade e a concepção da família tradicional está baseada em princípios religiosos. No Brasil, grande parte da população professa a fé cristã, que não aceita o casamento entre pessoas do mesmo sexo ou mesmo aqueles que moram juntos sem o consentimento religioso. Todavia, a Constituição Federal afirma que o Brasil é um país laico, dessa forma é incoerente estender o conceito tradicional a toda a população, sabendo que o mesmo é regido por normas constitucionais, não religiosas.
O dicionário define família como um grupo de pessoas ligadas por laços de casamento, parentesco ou linhagem. Não é surpreendente que tais definições ainda gerem muitas dúvidas e discussões. Dado que se trata da principal base de formação humana existente. Há quem afirme que crianças criadas por casais homoafetivos e pais solteiros tendem a ter problemas psicológicos, mais chances de serem abusados sexualmente, sofrerem preconceito e necessitem da figura materna e paterna. É possível aceitar tais argumentos, desses que se prendem ao tradicional conceito da música dos Titãs? É certo que quem defende tais argumentos esquecem-se de analisar as estatísticas comprovadas mundo afora. Crianças criadas em lares não “tradicionais” recebem mais afeto, dão mais afeto, são mais felizes, sofrem menos abusos e violência doméstica. E não se deve esquecer que fora uma maioria de famílias “tradicionais” que criaram muitos dos encarcerados, criminosos, mal caráteres e corruptos vistos hoje em dia.
Diante disso a Câmara dos Deputados criou em 2014 uma enquete para promover a discussão sobre o conceito de família previsto na lei. O resultado mostrou um país dividido, 53% das pessoas concordaram com o “Estatuto da Família”. Uma vez que os indivíduos são fortemente influenciados pela sociedade, religião e por demais instituições tradicionais, que impõe seus ideais como verdade absoluta e incontestável, as ideias próprias tornam-se quase inexistentes e aqueles contrários a tais ideologias sentem medo de expressar sua opinião e serem excluídos do meio social ou tidos como aberrações. O que mostra que Rousseau estava certo ao afirmar que a sociedade corrompe o homem. No entanto nunca é tarde para lutar pela pluralidade familiar, assim como pela liberdade e igualdade.
Dessa forma, é visível que a definição de família não deve ficar restrita a um modelo religioso que equivocadamente foi transmitido à sociedade. Tal conceito deve estar em constante evolução, para assim respeitar as diferenças, para tal cabe ao Legislativo não aprovar leis que diminuam o direito de uma parcela e sim englobar aqueles que hoje são excluídos porém portadores de mesmo direito, além de punir rigorosamente casos de intolerância. Enquanto a escola, como instituição socializadora, é responsável por naturalizar qualquer tipo de união, promovendo respeito e integração. Já a mídia pode ser usada para que as diferenças sejam aceitas, promovendo debates e compartilhamento de ideias, por meio de redes sociais e outros meios de comunicação em massa. Desta forma, a sociedade poderá aceitar que casais hetero ou homossexuais, casados ou não, podem constituir uma família, mostrando que, se todos imaginarem um mundo, como John Lennon, o homem pode ir muito além de religião e tradicionalismo, ele só precisa de amor, não importando a sua fonte. Assim e só assim a instituição base do caráter humano vai ser vista como extraordinária, independentemente de sua composição.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018