Título da Redação: Novos tempos, novas famílias

Proposta: O que é uma família?

Redação enviada há quase 3 anos por usuário anônimo.


A configuração tradicional de família composta por pai, mãe e filhos vem passando, cada vez mais, por modificações. Encontram-se, em vários países, famílias homoafetivas, famílias constituídas apenas pela figura paterna ou materna e, até mesmo, famílias unidas por uma conveniência financeira. Diversos fatores – sociais, políticos e econômicos - acabaram contribuindo com essas transformações comportamentais. Entretanto, o que não se altera, é o preconceito de alguns a respeito dessa nova diversidade, e essa visão precisa ser combatida.
Em primeiro lugar, é importante conhecer uma das causas em torno da discriminação no que se refere às modernas relações. A formação histórico-cultural de muitas sociedades foi baseada, principalmente, nos moldes do conservadorismo. Desde o ensino escolar, por exemplo, as gerações são ensinadas sobre os princípios e a questão de gênero, na qual a união afetiva acontece entre o homem e a mulher. Dessa forma, o desrespeito com quem não segue esses padrões foi se difundindo, ferindo-se, assim, a dignidade, a liberdade e o direito de igualdade de pessoas que agem de modo “diferente”.
É válido destacar também que muitas razões influenciaram nas mudanças estruturais da família tradicional. O planejamento financeiro dos casais, referente à quantidade de crianças; a legalização, em diversos territórios, do casamento entre indivíduos do mesmo sexo e, sobretudo, o crescente papel da mulher no mercado de trabalho são exemplos disso. Sendo assim, várias concepções foram surgindo, adaptadas às novas necessidades e expectativas. Prova disso são as pesquisas feitas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as quais demonstram que mais de um terço das uniões no Brasil são consensuais – formadas por casais que preferiram não formalizar suas uniões -, e há em torno de 60 mil famílias homossexuais oficializadas. Isso comprova que, nos dias atuais, o conceito de família não se restringe somente aos laços sanguíneos, mas também ao lugar de socialização e de estabelecimento de vínculos.
Contudo, diante da diversidade das famílias contemporâneas e os impasses que as afligem, fica claro, portanto, que medidas devem ser tomadas para amenizar essa situação. Desse modo, cabe ao Governo garantir o bem-estar social, promovendo políticas públicas mais claras em relação às novas famílias; à mídia expor o tema com campanhas de conscientização; às escolas transmitirem valores, por meio de projetos socioeducacionais visando mostrar que, independente das relações, elas necessitam ser pautadas pelo afeto e proteção dos pais para com os filhos; e à sociedade respeitar, acima de tudo, os variados tipos de modelos familiares. Afinal, as famílias dos novos tempos, como também a tradicional, nada mais são que a união de pessoas distintas em torno de objetivos comuns.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018