Título da Redação: O conceito de família pode ou não mudar?

Proposta: O que é uma família?

Redação enviada há mais de 2 anos por Alexandre


Desde a liberação do casamento entre homossexuais, cresceu as discussões sobre tal assunto, que indignam uns e outros nem tanto. Aos que são contra essa medida, tiveram uma "boa" notícia: a aprovação do Estatuto da Família na Câmara dos Deputados. Para os homossexuais essa medida comprova um retrocesso social pelo qual o Brasil estão passando devido à aprovação desse estatuto, que restringe vários direitos à essa minoria social.
O Estatuto da Família foi aprovado por um comissão especial da Câmara, esse define como família apenas a união entre homem e mulher. Isso exclui os casais homoafetivos de direitos, como herança, guarda do filhos e inclusão do parceiro ou parceira em planos de saúde, dentre outros diretos que todo cidadão residente em um país democrático deve ter. A comunidade LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e travestis) lutou durante muito tempo para conseguir o direito de casar-se com seu companheiro e, quando conseguiu, deputados conservadores e "atrasados" aprovam uma medida como essa, para tirar dessa comunidade a liberdade de escolher com quem vai construir sua vida e sua família.
Entretanto, não são só deputados que concordam com a aprovação da lei, mas sim grande parte da população brasileira, cerca de 62%, de acordo com uma enquete feita pela Câmara dos Deputados, são contra a construção de um núcleo familiar sendo construído por dois homens ou duas mulheres. Talvez por um lado essas pessoas podem estar tomando um lado correto, pois, para uma criança, ter dois pais ou duas mães pode ser algo constrangedor, porque chegará um momento que essas crianças saberão que não se pode gerar filhos a partir de relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo. Mas isso, é um pequeno problema dentre os outros bem maiores que se têm, como o fato de o Brasil ser uma sociedade machista e preconceituosa em relação às minorias
Um outro fator preponderante que ajuda para que o pensamento de grande parte dos cidadãos brasileiros voltem-se para a aceitação desse Estatuto é que a sociedade brasileira é machista, em que se vê como certo, no âmbito familiar, apenas o homem e a mulher como chefes dessas famílias. Entretanto, vive-se hoje em uma sociedade moderna, que luta pela inclusão de todos e, com isso, deve-se mudar o conceito da constituição familiar.
Diante de tal problema é preciso, portanto, mudar isso. É necessário que a Câmara dos Deputados revogue tal lei, para que os casais homoafetivos tenham direito assim como qualquer outro cidadão. Do ponto de vista do preconceito, a única saída para isso é a educação, portanto, urge que as Secretarias da Educação liberem projetos educativos, em que mostrem para os jovens e para toda sociedade o respeito que se deve ter com o diferente, pois estes podem ter uma papel fundamental na sociedade e fazê-la progredir. Essa campanhas precisa tirar do brasileiro o pensamento de : se nasce mulher coloca burca, se nasce negro algema, se nasce homossexual apedreja.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018