Título da Redação: E se o singular fosse admirado?

Proposta: Padrão de beleza e sociedade.

Redação enviada há quase 3 anos por Dra. Carol


Na década de 1950, Marilyn Monroe, com suas curvas e o cabelo encaracolado, ditou os padrões estéticos de uma época. Hoje, no século XXI, apesar dos padrões de beleza serem diferentes ainda carregam consigo uma face nem tão bonita assim: um estigma social, causado pela imposição de uma singularidade em meio a aspectos plurais. A aceitação e a valorização das diferenças: eis um desafio à sociedade.
É valido considerar, antes de tudo, a influência da mídia na difusão dos modelos estéticos. As protagonistas das novelas, as capas das revistas ou os rostos sempre felizes dos comerciais de beleza: de forma direta ou indireta vendem um estereótipo ideal, não só como sinônimo de beleza, mas também - erroneamente - como sinônimo de felicidade. Dessa forma a mídia atua como propagadora de uma única forma de representação estética nos meios de comunicação.
Cabe apontar, também, o papel da indústria, na formação dos padrões de beleza. Após a criação da demanda, pela mídia, no público, a indústria da beleza oferece o "tratamento de beleza ideal" para qualquer imperfeição, sejam cremes variados ou pílulas emagrecedoras. Dessa feita, os padrões de beleza são defendidos pelas indústrias cosméticas como um verdadeiro vetor de crescimento econômico e publicitário, mesmo sendo responsáveis por problemas de saúde e problemas psicológicos em homens e mulheres.
Embora pouco relacionados, os padrões de beleza possuem um caráter patológico evidente na sociedade. Certa vez Vinicius de Moraes disse: “desculpem as feias, mas beleza é fundamental”. Contudo essa afirmação não está certa, pois saúde e confiança em si mesmo é que são fundamentais. Já que a busca inatingível pelo corpo magro, pelo cabelo liso ou pela "eterna juventude" são os principais causadores de a baixa autoestima. Nesse contexto, a depressão e a ansiedade, assim como os distúrbios alimentares, nunca estiveram tão presentes na vida dos jovens e adultos, que são verdadeiras vítimas da busca de um ideal que não corresponde às suas individualidades.
Fica evidente, portanto, que a imposição de padrões de beleza é um desrespeito às diferenças. Para reverter este quadro será necessário, que as famílias e as escolas conscientizem os jovens - por meio do diálogo aberto e de oficinas pedagógicas - sobre a importância das individualidades. Também será necessário que as ONGs atuem com palestras na conscientização das pessoas que não estão mais na fase escolar. Assim sendo, a sociedade não irá admirar apenas um padrão, mas sim a beleza singular de cada indivíduo.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018