Título da Redação: Kant, Wilde e os padrões midiáticos

Proposta: Padrão de beleza e sociedade.

Redação enviada há cerca de 2 anos por usuário anônimo.


Segundo o filósofo prussiano, do século XIX, Immanuel Kant, ''uma coisa é bela em função de uma simples observação subjetiva''. No entanto, pode-se perceber que Kant parece estar incorreto, uma vez que o princípio subjetivo é manipulado pelo setor midiático. Sendo assim, o belo é pragmático pautado na materialização padronizada da beleza, influenciando diversas consequências negativas sobre a sociedade.
A priori, torna-se perceptível que o modelo estético da população é decretado por influência dos setores de informação. Isso pode ser notado através dos padrões de beleza na sociedade brasileira, durante o século XX, os quais passaram por transformações variadas. Exemplo dessas mudanças é a aplicação do sex-appeal, em 1920, o ápice do andrógino na década de 70, além do desenvolvimento notório da musculação nos anos 80. Essas metamorfoses foram adquiridas, principalmente com a interferência do avanço das tecnologias de comunicações e informações.
Nesse mesmo paradigma, Oscar Wilde, escritor britânico, explorou em sua obra, ''O Retrato de Dorian Gray'', a iminência da arte com a vaidade e a manipulação humana, atribuindo empecilhos permanentes no meio social. Através deste clássico, percebe-se que a obsessão pelo belo é fundamentado, também, pelo consumismo padronizado, o que causa problemas, tais como o excesso de vaidade, doenças como anorexia, bulimia e vigorexia, além da imposição da desigualdade social. Analogamente, têm-se, desde antigamente, no Brasil Colonial, por exemplo, os títulos de nobreza, ás vezes, motivados pelas vestimentas da época, segregando escravos da camada nobre portuguesa.
Destarte, faz-se imprescindível soluções de combate à problemática da estética demasiada, a curto e à longo prazo. Por isso, à curto prazo, pode-se criar leis que coíbam a indústria da moda na mídia, fazendo com que as pessoas tenham menos neurose sobre a materialização e mais discernimento em prol da cidadania e humanidade, como já dizia o grande sociólogo alemão, Friedrich Engels. A longo prazo, torna-se fundamental a criação de órgãos administrativos que busquem a preservação de uma sociedade livre e não manipulada com auxílio da secretaria de Direitos Humanos.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018