Título da Redação: Os reflexos do modelo estético

Proposta: Padrão de beleza e sociedade.

Redação enviada há cerca de 3 anos por Deivson Macedo


O padrão de beleza nas sociedades muda com o tempo. Na pré-história, por exemplo, o conceito de beleza feminina estava ligado à reprodução e as mulheres com seios fartos e volumosos. Na pós-modernidade essas mudanças de modelos são mais acentuadas. Assim, em uma sociedade de consumo que vende um ideário inatingível de imagem perfeita é natural que as pessoas tenham consequências danosas, tanto físicas quanto psicológicas, em suas vidas.
A mídia é, sobretudo, a principal causa da construção e permanência dos padrões estéticos na sociedade pós-moderna. É ela quem cria e difunde os modelos a serem seguidos, originando um verdadeiro cenário ditatorial da beleza. No século XX, os filósofos Theodor Adorno e Max Horkheimer já preconizavam o poder de convencimento e usurpação da Indústria Cultural, que utiliza dos mais diversos mecanismos persuasivos para a construção de estereótipos e da imagem perfeita.
Paralelo a essa situação está a efemeridade e a obsolescência programada criada pelo consumo. Assim, a sociedade tensionada a consumir os diversos produtos e mecanismos para a construção do simulacro apresentado pelos meios de comunicação esbarra na fluidez da pós-modernidade. Dessa forma, há sempre um novo produto, uma nova moda para que o indivíduo possa se enquadrar. Com isso, é estabelecido um ciclo: enquanto a indústria de alimentos vende produtos com substâncias engordativas a indústria da beleza oferece os mais variados meios de emagrecimento.
As consequências desse paradigma da beleza são diversos. Um deles relaciona-se com o corpo físico em si. Desse modo, é notável o exponencial aumento no número de cirurgias para inserção de silicone e para a redução de gorduras, o que eleva os riscos e excessos, como o que ocorreu com a modelo brasileira Andressa Urach. Outrossim, estão as frequentes constatações dos casos de bulimia, anorexia e depressão decorrentes dos estereótipos e das frustrações causadas por ele.
Percebe-se, portanto, que a ditadura da beleza origina sujeitos aprisionados ao consumo e a incessante busca pelo padrão inatingível. Para contornar essa conjuntura é preciso que o Poder Legislativo crie leis que dificultem a inserção de propagandas persuasivas na mídia. Isso poderia ser feito com plebiscitos, para que a sociedade fosse inserida nesse processo. Ademais, as instituições de ensino poderiam trabalhar a psicologia como uma disciplina efetiva, para que as crianças desenvolvessem a capacidade de reconhecimento e aceitação do próprio corpo frente ao ambiente plural da sociedade.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018