Título da Redação: Padrões de beleza: a desconstrução do ser

Proposta: Padrão de beleza e sociedade.

Redação enviada há cerca de 3 anos por Naya


O conceito de beleza já passou por diversas mudanças ao longo do tempo. No período renascentista, por exemplo, mulheres mais rechonchudas eram tidas como belas e associavam-se à ideia de fartura, riqueza e fertilidade. Na atualidade, contudo, nota-se que o padrão de beleza é justamente o contrário da Renascença. Corpos magros, músculos definidos e uma incessante busca pela perfeição, mostram que a sociedade impõe modelos inatingíveis que trazem prejuízos tanto físicos como psicológicos às pessoas, além de desconstruir a anatomia individual.
De forma inconsciente, toda a população se vê inserida nesse processo de padronização. Há aqueles que tentam, a todo custo, se aproximarem do ideal de beleza estampado nas revistas, passarelas e na televisão, recorrendo a cirurgias plásticas, tratamentos rejuvenescedores e dietas tão radicais que acabam colocando suas vidas em risco. Por outro lado, há aqueles que se negam a adequarem a esses modelos estéticos e para eles restam o isolamento, causado pelo preconceito de uma sociedade que tem a felicidade fundamentada no culto ao corpo.
Entretanto, os malefícios da cultura da beleza não se limitam apenas ao físico, a saúde psicológica também é agredida. O modismo e a rápida mudança dos padrões estéticos tornam impossível atingir a imagem ideal. Logo, a frustração por não conseguir acompanhar as tendências vem acompanhada de baixa autoestima que acarreta vários problemas como depressão, distúrbios alimentares e sentimento de impotência.
Embora a aparência seja o primeiro aspecto a ser visto numa pessoa, é inadmissível que a beleza seja definida por um único estigma. Ao contrário, o conjunto de características individuais como a cor da pele, o tipo de cabelo, os traços do rosto e as curvas do corpo, torna cada indivíduo dono de uma beleza própria. Assim, os padrões preestabelecidos roubam a peculiaridade do ser, fazendo com que o indivíduo se transforme para ser aceito em seu meio social.
Nesse sentido, tomando as palavras de Confúcio, “ainda não vi ninguém que ame a virtude tanto quanto ama a beleza do corpo”, fica claro que a sociedade padroniza a estética de tal forma que a aparência passa a ser mais importante que o próprio ser. Sendo assim, é imprescindível que a família aliada à escola busque desconstruir esses estereótipos, trabalhando em prol da aceitação de crianças e adolescentes de sua natureza física, por meio de diálogos e palestras que os induzam a refletir sobre tais padrões. Também cabe à mídia divulgar os riscos que a busca pela perfeição pode trazer, mostrando reportagens de pessoas que sofreram danos irreparáveis e incentivando em seus comerciais a pluralidade da beleza, a fim de conscientizar a população e quebrar paradigmas estéticos.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018