Título da Redação: Pelo fim da Ditadura da Beleza

Proposta: Padrão de beleza e sociedade.

Redação enviada há mais de 2 anos por Isabella Pereiira


Relativo ao limite entre a estética e a saúde, é possível afirmar que as indústrias de beleza movimentam milhões de reais por ano, considerando que grande parte da população é consumista, haja vista a enorme busca de um corpo perfeito, acarretando sérios danos à saúde. Isso se evidencia não só pelos prejuízos físicos, mas também psicológicos.
No que se refere ao detrimento corporal, existem pessoas que estão sempre em busca de uma beleza inatingível e, certamente, não conseguem, consiste, então, no chamado grupo “padronizado”. Os que seguem os padrões estéticos se submetem à realizarem cirurgias de risco, tratamentos indevidos, excesso de malhação com uso de medicamentos, a fim de obter “corpos ideais” como foi o caso da brasileira Andressa Urach, visto que a mesma passou por uma cirurgia para a colocação de hidrogel em seu corpo e teve sua saúde em risco. Além disso, há muitos casos que ocorrem até mesmo a morte do paciente, tal como o “Ken Humano” que, infelizmente, faleceu por render-se à um padrão enigmático.
Somado a isso, há também o grupo “não-padronizado”, uma vez que não possuem os padrões de perfeição que a maior parte da população julga e o mercado aliado à mídia impõem e, com isso, são estigmatizados pela sociedade, já que são “diferentes”, no entanto, sofrem preconceitos e, consequentemente, encontram-se em uma frustração, causando sérios danos psicológicos como: depressão, distúrbios alimentares, baixa autoestima, bulimia, anorexia, entre outros. A História nos mostrou que na Pré-História, as mulheres eram gordinhas representavam um modelo de beleza valorizado pelos homens das cavernas, não obstante, no século XXI, muitas mulheres são vítimas de preconceito se estiverem mais gordinhas.
Dessa forma, a sociedade precisa se atentar ao problema da ditadura da beleza e criar campanhas demonstrando a importância de aceitação pessoal e os danos causados pela procura de um corpo ideal. Ademais, ONGs como o Terceiro Setor na Imprensa necessitam fiscalizar a mídia e impor a elas uma maior exposição de vários tipos de aspectos físicos, a fim de provar que os estereótipos não deveriam moldar o meio social.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018