Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: Padrão de beleza e sociedade.

Redação enviada há cerca de 2 anos por usuário anônimo.


No Brasil, é conhecimento partilhado que o padrão de beleza imposto na sociedade por meio da mídia é algo prejudicial para a vida das pessoas, problema que implica em consequências inevitáveis: danos à saúde física e psicológica do indivíduo. Com efeito, é urgente que as famílias ensinem as crianças desde pequenas sobre a importância da beleza genuína, mostrando-lhes que não há padrões para ser belo.
Em primeiro plano, a visão de felicidade estipulada pela mídia de que a estética do corpo perfeito é tradução de felicidade tem causado danos preocupantes aos cidadãos. A biologia deixa claro que desequilíbrios alimentares afetam a saúde emocional e física das pessoas, tendo como consequências doenças como bulimia e anorexia. Assim, a indústria de “corpolatria” utiliza o veículo midiático como artimanha para estimular uma padronização de beleza: visto como o manequim 36. Entretanto, o que a esse meio de comunicação não percebe é que o padrão de perfeição estética leva as pessoas a tomarem atitudes bruscas que as garantam resultado imediato, como por exemplo a recusa do indivíduo em se alimentar, consequência essa que causa a anorexia. Nesse sentido, é fundamental que a mídia dê visibilidade também aos que não são enquadrados no padrão contemporâneo.
Outrossim, a própria sociedade atual influencia diretamente no comportamento pela busca do corpo perfeito. A partir dessa perspectiva, o filósofo Kant deixa claro que “ O belo é um prazer universal”. Dessa forma, é possível comprovar por meio da frase de Kant que o padrão universal de beleza da atual sociedade é a estética do corpo perfeito e que grande parte da parcela total não aceita um padrão diferente do “manequim 36” imposto pela mídia, assim acabam optando por cirurgias plásticas para obter o corpo perfeito. Com base nesse ponto de vista, segundo dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica, o Brasil em 2015 ultrapassou o EUA, ocupando o primeiro lugar no ranking dos países que mais realizam cirurgias plásticas a nível global. Nesse sentido, é interessante que haja promoção de palestras conscientizadoras por parte do Estado.
Urge, portanto, que povo e governo cooperem para mitigar a visão preconceituosa de padronização de beleza. O povo, cabe realizar postagens no “Facebook” que mostrem a valorização de variados tipos de belezas corpóreas, como forma de excluir visões estereotipas de padrão de corpo. O governo, por sua vez por meio do Poder Legislativo crie leis que puna atitudes que ridicularizem diferentes tipos de corpos e as escolas trabalhem sobre a linguagem corporal com os alunos, mostrando os diferentes tipos de corpos com sua beleza particular. Dessa forma, o Brasil alcançará posição de verdadeiro Estado Democrático de Direito.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018