Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: Padrão de beleza e sociedade.

Redação enviada há quase 2 anos por Medbulanda


A música "Pretty Hurts", da cantora norte americana Beyoncé, traz como temática os excessos da indústria de beleza e a busca inalcançável por um padrão considerado belo. Infelizmente, esses padrões não estão presente somente no mundo da música e influenciam um número gigantesco de pessoas. Reflexos da ideologia capitalista, segui-los não favorece em nada os indivíduos e somente fomenta um ciclo de falta de aceitação pessoal, na qual ninguém nunca está satisfeito com seu próprio corpo.
É importante ressaltar, primeiramente, que o consumismo incentiva a criação de padrões de beleza. Dessa forma, uma das facetas do capitalismo, a ideologia do consumo está diretamente ligada à indústria de beleza. Nesse sentido, diversos produtos como remédios e cremes, cirurgias, salões de beleza e academias sempre lotados evidenciam a tentativa de se adequar ao padrões. Nesse contexto, pode-se destacar o forte papel da publicidade no fomento ao consumo e na manutenção desses padrões estéticos inatingíveis. Dessa maneira, gasta-se uma quantidade absurda de dinheiro que só enriquece a indústria de beleza e permite que esses abusos continuem.
A disseminação de modelos estéticos, entretanto, traz diversas consequências para a sociedade. Desse modo, pode-se perceber que esses padrões começam a atingir as pessoas em uma idade cada vez menor. Nesse cenário, é muito comum que crianças sejam influenciadas, até mesmo pelos próprios brinquedos. Um exemplo disso é a boneca Barbie, retratada como alta, magra, de cabelos longos, lisos, e loiros, como se essa fosse a única representação de beleza. Assim, é cada vez maior o número de crianças e jovens que sofrem bullying nas escolas por não se adequarem a esses padrões. Os retratos disso vão de doenças como anorexia, bulimia e depressão até casos mais extremos como o suicídio.
Pode-se afirmar, portanto, que os padrões de beleza em nada beneficiam as pessoas e, pelo contrário, podem causar muitos danos à saúde, tanto física quanto psicológica. Assim sendo, para que esse paradigma possa ser mudado, é fundamental que o governo crie projetos de lei que visem limitar a influência de propagandas, principalmente as destinadas às crianças, limitando seu horário na programação televisiva. Além disso, é essencial que as escolas, em conjunto com a família, incentive a formação de um pensamento crítico por parte da criança, por meio de palestras e aulas sobre o lado perverso da publicidade, de modo que essas cresçam e sejam cada vez menos influenciadas a seguir um padrão estético inviável.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018