Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: Padrão de beleza e sociedade.

Redação enviada há cerca de 2 anos por NM


Manequim 34. Olhos claros. Cabelos lisos. É em meio a esses e outros padrões que vive (sobrevive?) a sociedade contemporânea, sobretudo a mulher. Foi-se a época em que a robustez era considerada indispensável, pois era sinônimo de saúde e alimentação de qualidade. Entretanto, com o surgimento da mídia, os modelos de beleza modificaram-se e entraram em conflito com o bem-estar social. Diante disso, cabe avaliar as consequências dessa problemática, procurando meios de resolvê-la.
É preciso considerar, antes de tudo, os reflexos dos estereótipos criados pela indústria de beleza. Vinicius de Moraes ao dizer “As feias que me perdoem, mas beleza é fundamental”, comete um equívoco, porque a aceitação pessoal é mais importante. Porém, frente aos padrões midiáticos de beleza, a criação de referências a serem seguidas tem elevado o número de pacientes em clínicas cirúrgicas clandestinas devido ao preço acessível que possuem, aumentando, assim, o índice de casos de doenças cardiovasculares, renais, bulimia, anorexia e até morte. Além disso, crescem os casos de preconceitos, bullying, agressões físicas e verbais aos indivíduos que não estão dentro dos moldes estipulados, criando vítimas depressivas presas em uma falsa realidade e reféns da baixa autoestima
Somando-se a isso, é imprescindível pontuar a valorização do corpo em detrimento da saúde seguida por muitos indivíduos. Segundo Augusto Cury “A beleza está nos olhos de quem vê”, entretanto, as próprias pessoas não enxergam tal atributo em si, vivendo em uma guerra constante com o espelho. Diante disso, eleva-se gradativamente o número de doenças e óbitos causados pela automedicação na busca do manequim considerado perfeito. Outrossim, cada vez mais aumenta-se o índice de homens e mulheres que utilizam esteroides anabolizantes associados à academia, trazendo consequências como a impotência sexual, a dependência química, alteração de humor e hipertensão.
Fica evidente, portanto, que os padrões de beleza têm sido grandes influentes na sociedade. Sendo assim, é preciso que o Governo Federal aliado à mídia crie campanhas publicitárias de autovalorização da imagem, a fim de desfazer os paradigmas contemporâneos. Acresce-se a isso o papel fundamental das ONG’s em desenvolver projetos nas redes sociais de incentivo à sociedade a cobrar da imprensa o término da padronização, para tornar-se mais realista. Também é preciso que a família e a escola trabalhem juntas na conscientização dos indivíduos por meio do diálogo e de projetos educativos acerca da intenção midiática, tornando-os menos suscetíveis a seguir padrões. Dessa forma, a sociedade será mais Augusto Cury e menos Vinicius de Moraes.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018