Título da Redação: Saúde, o mais importante.

Proposta: Padrão de beleza e sociedade.

Redação enviada há cerca de 3 anos por usuário anônimo.


Desde o fim da União Soviética, o capitalismo passou a predominar como sistema econômico no Brasil, e o lucro das indústrias, ressaltando a de estética e cosméticos, passou a ser seu único objetivo. Desta forma, com auxílio da mídia e seus veículos de comunicação, a indústria em questão impôs um padrão de beleza e convenceu a sociedade de que tal padrão só pode ser alcançado com a compra de seus produtos, seja ele um cosmético, o serviço de um personal trainer, de um esteticista ou de uma academia. Entretanto, a obsessão causada pelo conjunto formado pela mídia e a indústria cosmética colocou a saúde do corpo e da mente do público alvo em perigo.
Não é raro ver capas de revistas exibindo modelos com corpos magros ou musculosos, que estão longe da realidade, fazendo marketing de vendas. Logo, foi implantada a crença de que para ser feliz e aceito por amigos ou determinados grupos sociais, o público deve ter o mesmo corpo dos modelos exibidos pela mídia. Porém, isto faz com que este público compre os produtos oferecidos e reduza seu consumo de calorias ao mínimo possível na esperança de ser magro ou ter seus músculos fortes de definidos.
Todavia, essas novas dietas geralmente restringem o consumo de vitaminas, ácidos graxos e aminoácidos essenciais que o organismo humano necessita para sua manutenção e sobrevivência, além da ingestão de produtos químicos que, em altas quantidades, podem causar até doenças como o câncer, por exemplo.
Quando essas pessoas não conseguem obter o corpo desejado, nem mesmo com os tais produtos que o mercado oferece, elas se sentem excluídas e deprimidas. Por isso, passam até por cirurgias plásticas, como no caso da apresentadora Andressa Urach, que aplicou uma substância para aumento de coxa, mas teve retirar após graves complicações e inflamações.
Então, conclui-se que a saúde física e mental é mais importante do que padrões de características físicas impostas pela mídia e, às vezes, pela sociedade. Portanto, assim como a lei implantada recentemente na França, que limita o IMC mínimo para que modelos magras em demasia não sejam contratadas, e pune com multa os empregadores que contratam as modelos com IMC abaixo do estabelecido, modelos muito magros deveriam ser impedidos de fazer marketing ou propagandas para, assim, não influenciar as pessoas que desejam ter o mesmo corpo. Para tal, um órgão fiscalizador do governo e uma lei que determine o peso mínimo permitido, e que obrigue todas as contratações de modelos serem avaliadas por este órgão, deveriam ser criados.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018