Título da Redação: As primeiras buscas por equidade

Proposta: Política de desenvolvimento social no Brasil

Redação enviada há cerca de 3 anos por thaiz geovana


"O Brasil é o país do futuro, sempre". A proferida frase, de Millôr Fernandes, nos evidência como Brasil é possuidor de potenciais - como econômicos, social e de recursos naturais- capaz de garantir a sua nação uma equidade de direitos e valores. Porém, como os demais emergentes, o Brasil possui problemas estruturais e sociais que contribuem para uma desproporção em variados aspectos. Contudo, nas duas últimas décadas o país mudou sua postura política em relação aos problemas internos. Ao se utilizar de projetos desenvolvimentista , o Brasil começa mudar seu cenário de desigualdade passivamente.
Em primeira análise, devemos buscar compreender os motivos que estimula o Brasil a destruir um regime desprovido de políticas sociais. Com a Nova Ordem Geopolítica Mundial, os critérios de classificação de um país não são somente dependentes de sua economia, onde também são considerados os seguintes índices de desenvolvimento social: qualidade de educação, saúde , além da distribuição de renda. Mediante a essas exigências, o Brasil começa a criar políticas social, assistencial e estrutural, no qual é um direito do estado já estabelecido pela Constituição Federal de 1988.
Consideramos assim, que o Brasil da um passo positivo ao começar garantir o bem estar da população . Tem-se a exemplo, projetos como o Bolça Família que visa inserir a camada pobre da sociedade no ciclo econômico. Além de tentar reverter o quadro de pobreza, esse projeto aumenta o poder de compra, movimentando assim, o mercado brasileiro e contribuindo para a ascensão de todas as classes sociais. Com essas mudanças no cenário econômico, o país criou a capacidade de enfrentar crises econômicas como a de 2008 gerada pelos Estados Unidos da América e da Zona do Euro no ano de 2011 que sacrificaram boa parte do mundo.
Ademais, estamos visando a tendência dessas políticas em tentar reverter o quadro da educação no país. A educação é responsável por evitar a violência e a pobreza. Sendo assim, o governo esta tentando incluir o jovem e os adultos em ensino superior de qualidade através de bolsas, cotas e o financiamento educacional. Portanto, além de contribuir para a ascensão social do individuo, essas medidas podem sanar a falta de mão de obra qualificada e estimular o avanço tecnológico, que tem como objetivo, ampliar a influência do país no mercado internacional.
Diante das questões supracitadas, podemos inferir que ao se utilizar de políticas sociais, o Brasil começa buscar uma possível equidade em seu corpo social. Porém, é visível que muito ainda deve ser realizado. Cabe ao governo atualizar e amplia essas políticas assistenciais de acordo com o contexto e as necessidades do país. Além disso, a participação da sociedade através de cobranças ao seus governantes ou a crianção de ongs locais é fundamental para que se beneficie ainda mais a população carente de determinados aspectos. Assim, é possível que o Brasil caminhe para um futuro prospero, de acordo com o desejo de Millôr Fernandes e de muitos brasileiros.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018