Título da Redação: Pequenos auxiliadores

Proposta: Testes em animais: até que ponto o avanço da ciência interfere no direito à vida dos animais?

Redação enviada há mais de 3 anos por Samara Silva


Os antigos filmes ou mesmo desenhos animados já nos mostravam, em cenas de laboratório, pequenos ratinhos em suas jaulas e cientistas, quase sempre malucos, preparando-se para o trabalho. O uso de animais em pesquisas é um tema ainda polêmico, muito criticado pelos diversos órgãos de defesa do animal, mas de essencial papel na evolução científica para o bem do ser humano e dos próprios animais.
Embora tantos avanços tenham ocorrido, a ciência depende do uso de animais para pesquisas. Ainda que hajam métodos que minimizem essa prática, é pouco visível o seu fim. Os animais, principalmente ratos, são de fundamental importância nos estudos pois contém todo um material genético e mecanismos fisiológicos parecidos com os seres humanos. Através da contribuição desses bichinhos podemos ter em nossa sociedade vacinas para a imunização das crianças, desenvolvimento de fármacos contra o câncer, dentre outras aplicações que beneficiam os seres humanos e os próprios animais, como a vacina anti-rábica que já salvou tantos pelo mundo.
Mais do que o apelo dramático que muitas ONG's e grupos ativistas fazem a respeito desse uso, é preciso atentar-se para as condições em que esses animais são mantidos. Recentemente foi a provada a Lei denominada Arouca, ela vem em defesa dos animais e determina que haja uma regulamentação nessas pesquisas e que os animais não sofram dor ou estresse. Esse é o argumento que muitos cientistas utilizam, o de usar em primeiro lugar os princípios da bioética. Assim, mesmo que exista uma linha tênue que separe as duas forças de ideologias opostas, não há como fugir do uso de animais em pesquisas. Usar humanos seria muito arriscado e mesmo que alguns ativistas possam argumentar que não somos mais importantes que os animais, é pouco provável que ele ceda seu corpo ou o de algum familiar seu para um teste que pode ter diversos efeitos colaterais, em casos mais graves a morte.
Fica claro, assim, que o uso de animais em pesquisas apesar de ser polêmico e questionado é fundamental para o desenvolvimento da ciência. Dessa forma, é importante que ocorram mais debates sobre o assunto nas escolas para que crianças e jovens tenham noção do que se trata o assunto e possam se posicionar a respeito. Assim como ocorreu em 2010 é interessante que a mídia junto ao ministério da ciência continue a circular propagandas sobre o tema na TV e rádio. Além disso, é necessário que o governo se atente à fiscalização dos cientistas quanto ao cumprimento das regras da Lei Arouca. Hoje não se deve mais pensar em cientistas malucos e ratinhos indefesos, mas seres humanos em busca de ajudar a humanidade e vetores que o auxiliam nessa missão.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018