Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: Trotes universitários

Redação enviada há cerca de 2 anos por usuário anônimo.


O trote universitário é uma espécie de "ritual de passagem" do calouro, da vida estudantil para a universidade. Este rito teve origem na Europa, durante a Idade Média e chegou ao Brasil através de estudantes brasileiros que estudavam no exterior, junto com as primeiras universidades. Na atualidade, esse tipo de recepção ocorre cada vez mais violenta, devido a impunidade dos agressores e a negligência das instituições.
Embora se tenha vários relatos de mortes de pessoas que se sentiram humilhadas,ainda não existe hoje, no Brasil, uma lei específica para punir os jovens ofensores. Só após a morte do calouro de medicina da USP( Universidade de São Paulo), Edson Tsung, que morreu afogado em uma piscina durante o trote, é que o assunto ganhou peso. E o que chamou mais atenção foi a impunidade dos estudantes que organizaram a recepção. Vários são os motivos que levam a essa falta de punição, dentre eles , a principal é o silêncio. A relação de poder imposta aos novos estudantes pelos mais velhos acaba por inibir os calouros, que sentem medo de relatar o ocorrido, e muitas vezes é agravado por fala de apoio da instituição. Essa autoridade dado aos estudantes reforça sua conduta narcisista, aquele que, segundo as definições de Freud, busca, acima de tudo, proteger-se e se satisfazer, negando a alteridade, ou seja, não houve crítica e tudo aquilo que é diferente dele torna-se menor e insignificante.
Posto que, além de ser um problema entre os estudantes, esse rito também diz respeito às universidades. Apesar de ser uma prática repugnante, o raciocínio predominante parece ser o de que, se não houver mortes durante as recepções, então não há problema, pois se trata de um tradicional rito de passagem, para promover a integração entre calouros e veteranos. Muitas instituições de ensino superior se esforçam para combater o problema e até incentivam o trote solidário, que são trabalhos voluntários, como, doação de sangue, de cabelo, e também, o "disque-trote " onde podem relatar os abusos e humilhações sofridas. Mas para garantir um ritual sem violência e garantir a punição dos agressores, uma forma seria uma lei que responsabilizasse a instituição e assim, a do aluno também seria certa.
Portanto, é importante que o calouro sinta-se protegido pela universidade, para que ele possa fazer a denúncia e assim, como em outras instituições, todas devem disponibilizar o "disque-trote" e incentivar o trote solidário. Além disso, o governo deve tipificar uma lei que penalize a prática do trote violento, tanto para instituições como para estudantes.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018