Título da Redação: Trote, um instrumento de violência

Proposta: Trotes universitários

Redação enviada há mais de 2 anos por MP


Simbolicamente, o trote é um ritual de passagem da vida estudantil para a vida acadêmica, é uma maneira de interação e confraternização entre os estudantes. Porém, atualmente, ele se tornou algo bem diferente. Deixou de ser um meio de inclusão social e virou um instrumento de violência e humilhação devido ao abuso de poder e impunidade.
O trote surgiu na Idade Média com as primeiras universidades e se tornou uma tradição na maioria delas. Contudo, aquilo que era para ser uma tradição saudável passou a ser uma forma de tortura. Muitos veteranos passaram a exercer domínio sobre os calouros, submetendo-os a situações tais como: xingamentos ofensivos, humilhações diversas (por exemplo, lamber o chão do banheiro), tarefas forçadas, e até, violências físicas e psicológicas. Temos como por exemplo, um evento intitulado Rodeio das Gordas que aconteceu em 2010, na UNESP, onde os calouros deveriam agarrar meninas acima do peso, subir sobre elas e ficar o maior tempo possível. Isso deixa claro o contraponto entre a integração social e o abuso de poder.
O medo das vítimas de denunciar e a falta de apoio por parte das faculdades, faz com que esses acontecimentos sejam costumaz, sendo visto por muitos, como natural. As universidades, por adotarem uma postura um tanto permissiva, não punindo severamente os autores que praticam tais atrocidades, acabam por apoiar, mesmo que indiscretamente, esses "torturadores". Diante dessas impunidades, as vítimas, por receio de serem perseguidas ou para evitarem constrangimentos, preferem se calar, e com isso casos de trotes violentos se perpetuam cada vez mais.
Logo, fica claro, que a interação entre calouro e veterano deve ocorrer de forma saudável. Para isso, é importante que as universidades adotem uma postura diferente, começando pelo apoio às vítimas e a criação de setores que fiscalizem os trotes praticados pelos seus universitários. Além do mais, é indispensável que as escolas em parceria com Ongs estudantis incentivem trotes solidários, como a doação de sangue. Cabe também aos governantes criar uma legislação especifica para fiscalizar e punir tais crimes. Pois só assim, o trote passaria a ser exercido com o seu verdadeiro símbolo.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018